A Natureza das Coisas

No Brasil festa é coisa séria. Vejam o Carnaval. Mês de junho, aqui no Nordeste, as festas juninas (São João e São Pedro), são muito populares e nessa época as músicas relacionadas com esses festejos voltam a tona com toda força.
E é nesse espírito musical junino que eu me encontrava, ouvindo forrós pé de serra. Um em especial, eu ouvi cerca de dez vezes, em várias versões . Não é uma composição nova, já foi gravada mais de uma vez, mais a letra é bem interessante, mostrando que forró também tem poesia.

Me chamou a atenção também, que vendo algumas gravações no YouTube, muitas pessoas diziam ter gostado e faziam elogios ao interprete, sem ter nenhuma noção de quem realmente fez a música.  Não quero desmerecer o interprete, no caso dessa música as gravações de  Elba Ramalho e de Flávio José - um dos melhores interpretes da música nordestina - são muito bonitas e valorizam a obra, mais gosto de saber quem é o autor (o poeta) que escreveu esses tão inspirados versos, além de outras músicas como: Espumas ao vento, Asas da ilusão, Me diz, amor.

Então, para fazer justiça, essa é de Accioly Neto, pernambucano,  falecido no ano de 2000,  que já teve composições gravadas por Fagner, Elba Ramalho, Roberta Miranda, Vanusa, Flávio José.

Essa é a Música (Poesia):

A natureza das coisas
(Accioly Neto)

Se avexe não
Amanhã pode acontecer tudo
Inclusive nada
Se avexe não
A lagarta rasteja até o dia
Em que cria asas
Se avexe não
Que a burrinha da felicidade
Nunca se atrasa
Se avexe não
Amanhã ela pára na porta
Da sua casa

Se avexe não
Toda caminhada começa
No primeiro passo
A natureza não tem pressa
Segue seu compasso
Inexoravelmente chega lá
Se avexe não
Observe quem vai subindo a ladeira
Seja princesa ou seja lavandeira
Pra ir mais alto vai ter que suar   

Se quiser ouvir no YouTube vai ai alguns links. Não postei os vídeos aqui pois não quero, porventura, infringir qualquer  lei de direito autoral.

Interpretado por Flávio José

Como Trilha Sonora do filme "A Máquina: O Amor é o Combustível" e interpretada
por Prazeres Dolores


Interpretada por Elba Ramalho em show ao vivo

Interpretado por Banda Menina do Céu


Vejam Também:

As 10 Piores Músicas dos anos 90
Na Tonga da Mironga do Kabuletê
Qual o Astro da Música (Rock) é o Mais Lembrado?

Postar um comentário