O ENEM do Prejuízo



O ENEM é uma ideia fantástica. Uma prova para testar e classificar os estudantes em todo o território nacional, e distribuir vagas em diversos cursos e universidades pelo país que podem ser públicas ou privadas.
Mas uma série de erros, confusões, desvios e mal feitos, como gosta de falar a nossa presidente, vem ano a ano tirando a credibilidade desse exame.
O que aconteceu agora?
Algumas questões do exame vazaram (novamente), e um colégio do Fortaleza no Ceará, aplicou um simulado dias antes da prova do ENEM, com várias questões idênticas às contidas na prova oficial.
E agora? O que fazer?

1- Anular a prova em todo o Brasil?
(já que ninguém pode afirmar que outras pessoas em outros lugares também não tido acesso as questões previamente).

2- Anular somente as questões que vazaram?
(mas como saber que só foram essas questões e o tema da redação também vazou, como fazer?)

3- Anular somente as provas dos alunos que tiveram as questões antecipadas e fazer nova prova para esse alunos?
(mas como saber se só foram esses e como fazer uma nova prova para eles sem ferir a isonomia entre esses estudante e os demais que assim fariam provas diferentes?)

4- Desclassificar sumariamente os alunos que tiveram acesso a questões antecipadas?
(mas provavelmente esses alunos não tiveram culpa pelo ocorrido e no fim das contas também são vítimas)

É, parece que qualquer decisão que se tome, muitas pessoas serão prejudicadas. Prejuízo econômico e emocional.
E os responsáveis por esse prejuízo serão punidos?
A prova vazou, não é a primeira vez, e se ninguém é exemplarmente punido não será a última.
É esse um dos grandes problemas do país. A impunidade.


Veja Também:

Precisamos ler bons livros
O Velho e o Novo
Ali Babá e seus 513 companheiros
Postar um comentário

ARTIGOS RELACIONADOS

2leep.com