Vale Tudo

Eu tenho criticado muito por aqui as mazelas da política brasileira, de onde somos bombardeados, regularmente, com notícias de todo tipo de "mal feito", como prefere falar a presidente Dilma.
É triste constatar, mas parece que o brasileiro não só está acostumado, mas parece reproduzir em outras áreas de atuação, pequenos e grandes "mal feitos".
Estou falando aqui, agora sobre futebol.
Sábado à tarde, última rodada do campeonato brasileiro da 2° divisão.
Os jogos são todos marcados para começar no mesmo horário para evitar que algum time seja favorecido por conhecer previamente o resultado do outro.
Mas como sempre acontece, ano após ano, campeonato após campeonato, tem sempre algum time que burla essa regra, aplicando a tal da "esperteza". Ou seja o que importa mesmo é ganhar, se beneficiar, passar a perna nos outros. Moral, ética, "Fair Play", decência não têm nenhuma importância.
Alguns times entram em campo 10, 15, 20 minutos após os outros, com objetivo de levar vantagem e jogando no lixo essa "besteira" de honestidade.
O time do Bragantino, por exemplo, que jogou contra o Paraná e tinha chance de se classificar para a "série A" de 2012 (o que não aconteceu mesmo com a trambicagem), entrou em campo 15 minutos depois com a desculpa que o goleiro estava contundido. Depois dessa cena (mal interpretada) o goleiro jogou o jogo todo sem nenhum sinal de contusão. Uma piada.
Como por aqui, tanto faz na política, como no futebol e em qualquer outra área, não há justiça, não há punição, se preparem para as rodadas finais do campeonato brasileiro da série A. Se tiver disputa, se preparem para ver times entrando 20 minutos após outros, alguns com desculpas esfarrapadas e deprimentes e outros sem nenhuma desculpa. Aqui é o país do vale tudo (não por acaso temos 3 campeões mundiais de vale tudo).


Veja Também:

A guerra da paixão
Somos os Melhores?
Frases do Futebol
Postar um comentário